7.10.12

Texto: Adeus!

       Sei que a maioria não gosta de ler os textos publicados nos blogs, e que preferem ver as imagens (sim, eu também sou assim) mas, gostaria muito que vocês lessem e tomassem como exemplo.


       "Se você já perdeu alguém, saberá exatamente do que estou falando."
       A relação do ser humano é assim: quando você vai conhecer a pessoa, você mostra a ela o que você tem de melhor, as suas qualidades, seus gostos e semelhanças. Às vezes, até mentimos sobre quem somos para impressionar aquela pessoa.
       A segunda fase é mostrar um pouco do seu outro lado, e enfim vem a intimidade! Você começa a dividir segredos, micos, compartilhar seus problemas e felicidades com ela. De tão intimos, você vai começar a perceber e mostrar os defeitos, com isso haverá brigas e intrigas. A primeira briga te fará refletir por um tempo, ficar chateado por estar brigado com aquela pessoa que você mostrou ser tão legal no início. Depois que fizerem as pazes, haverá outras brigas e fará parte da rotina e da vida de vocês. Mas haverá um momento, que não pode ser marcado por fase... É o momento que ela sem mais nem menos vai embora. É horrível a dor da despedida! É o momento em que passa um filme na sua cabeça com todos os momentos bons, os momentos de brigas, que logo virá o arrependimento. Lágrimas cairão dos seus olhos e você sem se segurar de tanta emoção, começa a escrever um texto no blog achando que vai influenciar algo de bom na vida das pessoas. E então você perceberá que a dor da despedida não é tão doída assim, comparada a dor de perder uma pessoa sem poder se despedir. Aí sim, o filme que passa na tua cabeça irá durar mais tempo, virá muitos outros momentos, perguntas como "Por que fiz isso?... Por que não fiz dessa maneira? POR QUE?".
       Sabe, não é de agora que eu sei o quanto dói o adeus. Mas é a primeira vez que materializo ele com um texto, é a primeira vez que expresso o que significa pra mim. Já dei adeus pra muita gente, e outras, infelizmente não tive oportunidade.
       Esse texto não é uma "lição de moral" ou algo para refletir, é apenas um desabafo de um peito cheio de dor.

     Dedico este, para todos aqueles que um dia eu disse adeus, para aqueles que partiram sem se despedir, para vocês que estão lendo e fazem parte da minha vida e para mim. Para que eu leia todos os dias, e aprenda a dar valor a quem está ao meu redor, porque sei que o 'adeus' vai acontecer para cada um, e que a dor vai ser cada vez maior, e os "porques" também! Para que eu não me arrependa, e esses "porques" não existam. Que apesar de não ser perfeita, eu tentar ser para cada pessoa. Pois no final, só restarão lembranças.


Obrigada,
G.Ramos

5 comentários:

Ai Gi, esse foi profundo, É Dficil, mas como voce disse, a vida é assim,a arte é superarmos as tristezas
Estou passando por essa situação por agora é muito triste mesmo.
Você Gi consegiu superar?
Com o tempo a gente se conforma. Mas não supera :(
Anônimo abril 04, 2014
Amei o texto, parabéns Gi.,
Infelizmente passei por isso recentemente, e o "porque" sempre fica na mente. Agora é esperar o tempo curar

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante! Comente e receba uma visita no seu blog, também ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...